Saint Seiya World


A Nova Era das Trevas
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 A chegada em Midgard

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Rognvaldr
Level 5
Level 5
avatar

Alcunha : O mão-de-ferro

Número de Mensagens : 841
Idade : 33
AVISOS :
0 / 30 / 3

Força : 100 +30
Resistência : 100 +30
Agilidade : 100 +30
Energia : 100 +30
Cosmo (%) :
100 / 100100 / 100

Vida (%) :
100 / 100100 / 100

Data de inscrição : 07/08/2009

Cavaleiro
Vida:
1000/1000  (1000/1000)
Cosmo:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: A chegada em Midgard   Sex 26 Fev 2010 - 15:11

Frio.

Nem mesmo as pesadas roupas de inverno são suficientes para proteger o homem do frio nórdico. As temperaturas negativas e o vento forte contribuem para fazer de Midgard um local onde o branco é a cor predominante. O inverno inspira cuidados ainda maiores, pois ele transforma homens em sacos de músculos mortos em um mísero instante. Os dias, por causa da localização geográfica, são curtos: em algumas estações do ano, começa a anoitecer às três horas da tarde.

Apesar do frio, a população local não é fria. E isto é assim por necessidade: pois seria impossível sobreviver sem um desejo ardente de viver, sem um coração pulsante a mover a vida. Por isso, o fogo é o melhor amigo do homem de Midgard, em todos os aspectos - seja o fogo que brota das fogueiras, ou o fogo que corre no sangue, ou aquele que faz as idéias brotarem, ou aquele dentro das garrafas que deixam os homens loucos...

A cidade castelar está agitada como sempre. O mercado faz barulho e as pessoas vão e vão. Apesar da chegada prevista de convidados estrangeiros, Rögnvaldr tomou o cuidado de não divulgar muito a notícia e não causar alarde, pois a cidade não se pode dar ao luxo de parar para receber convidados. Desta forma, pediu aos seus que tratassem os convidados conforme os costumes antigos: aqueles pacíficos irão dividir o frio e o hidromel com o povo, enquanto os outros não serão bem vindos em torno da fogueira.

No porto, um embaixador - que carrega um símbolo em sua roupa que lembra uma runa - aguarda a chegada dos visitantes. Junto deles, outros homens responsáveis pelo trabalho braçal. O embaixador tinha duas funções: despachar a bagagem dos visitantes diretamente para o castelo, e cuidar para que sejam conduzidos até Odin, no Grande Templo.

(Observação: não tive a chance de falar com a administração antes de escrever isto. Então, se eu estiver cometendo excessos ou fazendo algo errado, desde já peço desculpas)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Athena
Level 6
Level 6
avatar

Alcunha : A de olhos glaucos

Número de Mensagens : 1087
Idade : 28
AVISOS :
0 / 30 / 3

Força : 100 +30
Resistência : 100 +30
Agilidade : 100 +30
Energia : 100 +30
Cosmo (%) :
100 / 100100 / 100

Vida (%) :
100 / 100100 / 100

Data de inscrição : 11/12/2009

Cavaleiro
Vida:
1000/1000  (1000/1000)
Cosmo:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: A chegada em Midgard   Sex 26 Fev 2010 - 18:17

Finalmente o Stavros atracara.

Dentro de poucos minutos, estaria pisando as terras geladas. Sozinha em minhas acomodações, preparei-me para descer do navio, colocando por cima do vestido um pesado casaco preto e nas mãos luvas de couro de mesma cor. Depois de arrumada, ainda fiquei alguns instantes no quarto, pensando em como aquela visita seria. No Concílio, estava visivelmente desconfortável com a presença de Rögnvaldr, e alguma coisa me dizia que não seria muito diferente naquela viagem... “Vamos logo com isso, Ágatha. Deixe de ser tola!”, pensei comigo mesma, para ter coragem de sair das acomodações.

- Capitão...? - chamei Sakis, logo ao sair do quarto.

- Oh, senhorita!, já estamos ancorados.

- Ótimo. Informarei aos demais passageiros que desembarcaremos agora. – disse, sorrindo.

--------------------

Sakis liberou a rampa que nos daria acesso à saída do navio. Como guerreiros e representantes já estavam avisados de que poderíamos ir, decidi descer. Provavelmente haveria alguém no porto à nossa espera, e não era delicado deixá-lo esperando.

De fato, havia um homem no porto, com um símbolo na roupa. Não era preciso ser muito inteligente para perceber que a insígnia tratava-se de uma runa, nem para entender que ele havia sido mandado por Rögnvaldr. Caminhei até ele, meio que “pisando em ovos”; meus pés, devidamente protegidos com botas, afundavam na neve.

- Olá. Acredito que o senhor tenha sido enviado para cá para nos receber, estou certa? Sou Ágatha Ghregórios.

Estendi a mão para cumprimentar o homem. O capitão, que viera logo atrás de mim trazendo minha bagagem, dignou-lhe um aceno com a cabeça, esperando que primeiro ele se apresentasse. Logo voltaria ao navio para buscar as malas dos demais passageiros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora
Level 4
Level 4
avatar

Número de Mensagens : 556
AVISOS :
0 / 30 / 3

Força : 1 +0
Resistência : 1 +0
Agilidade : 1 +0
Energia : 1 +0
Cosmo (%) :
0 / 1000 / 100

Vida (%) :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 19/11/2008

Cavaleiro
Vida:
10/10  (10/10)
Cosmo:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Re: A chegada em Midgard   Sab 27 Fev 2010 - 1:57

*A donzela desce até o pier arrastando a longa e pesada capa pelo chão. Uma fraca névoa sai de debaixo do capuz, resultado da condensação de sua respiração e seus olhos, cobertos pelas trevas da manta, focam o encarregado de receber os convidados. *

- Sou Kathleen. Kathleen Báthory.

*Ela o cumprimenta com o devido respeito com a voz baixa e suave. Tudo ali era esplêndido e seus olhos varriam cada acontecimento a seu redor enquanto aguardava os outros.
A bagagem da dama dos mortos era retirada do navio pelos marujos e somente o tridente a moça portava consigo. *
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rognvaldr
Level 5
Level 5
avatar

Alcunha : O mão-de-ferro

Número de Mensagens : 841
Idade : 33
AVISOS :
0 / 30 / 3

Força : 100 +30
Resistência : 100 +30
Agilidade : 100 +30
Energia : 100 +30
Cosmo (%) :
100 / 100100 / 100

Vida (%) :
100 / 100100 / 100

Data de inscrição : 07/08/2009

Cavaleiro
Vida:
1000/1000  (1000/1000)
Cosmo:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: A chegada em Midgard   Sab 27 Fev 2010 - 15:13

O embaixador cumprimenta as duas curvando a cabeça. "- Meus homens se encarregarão das malas. Por favor, sigam-me", disse, endireitando os óculos. Achou estranho que, entre as convidadas importantes, houvessem duas mulheres tão jovens. Ele gritou para seus homens palavras de ordem, em idioma local, e eles logo começaram a descarregar as malas e pertences, para levá-las até os aposentos destinados aos convidados. E fez o seu caminho até o Grande Templo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kitana de Tirésias
Anjo de Apolo
Anjo de Apolo
avatar

Alcunha : "A Donzela de Apolo"

Número de Mensagens : 2470
Idade : 27
AVISOS :
0 / 30 / 3

Força : 10 +8
Resistência : 12 +8
Agilidade : 12 +8
Energia : 10 +8
Cosmo (%) :
100 / 100100 / 100

Vida (%) :
100 / 100100 / 100

Data de inscrição : 01/04/2009

Cavaleiro
Vida:
480/480  (480/480)
Cosmo:
700/700  (700/700)

MensagemAssunto: Re: A chegada em Midgard   Dom 28 Fev 2010 - 21:22

Kitana desceu do barco após a Deusa e Pandora, aquela terra era muito fria e gélida, o casaco por cima do trench coat mal dava conta de aquecer o corpo da sacerdotisa tão habituada ao calor da Grécia.

"Prazer, honorável senhor, sou Sugimoto Kitana.", falou fazendo uma leve mesura, apenas com a cabeça.

E, como o que fora pedido, Kitana fez, seguiu-o, não sabia para onde ia, mas sabia que rumavam para o local onde a grande reunião aconteceria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Allen de Minotauro
Anjo de Apolo
Anjo de Apolo
avatar

Número de Mensagens : 973
AVISOS :
0 / 30 / 3

Força : 11 +8
Resistência : 10 +8
Agilidade : 9 +8
Energia : 10 +8
Cosmo (%) :
0 / 1000 / 100

Vida (%) :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 15/10/2008

Cavaleiro
Vida:
360/360  (360/360)
Cosmo:
400/400  (400/400)

MensagemAssunto: Re: A chegada em Midgard   Dom 28 Fev 2010 - 21:50

Certo, agora estava frio. Allen desceu logo atrás de sua sacerdotisa vestido com uma quantidade grande de casacos e outras peças de roupas que pudessem aquece-lo. O lugar era lindo, nunca tinha visto neve na vida e estava achando o máximo. Teve vontade de se jogar na neve e fazer um anjo, como na teve, mas pensou que talvez não fosse uma boa hora efetivamente. E não queria levar bronca de Kitana. Depois, ele já era um anjo, só precisa criar suas asas.

Percebeu a chegada do embaixador e acenou para ele, sorrindo.

- Allen McFly. Sou um Anjo de Minotauro, servo de Apollo. It's a pleasure.

Ele ficou curioso sobre aonde iriam, o que o embaixador tinha falado e se seria muito difícil aprender a língua. O que também ficou intrigado era se conseguiriam carregar sua mochila. Seria necessário cerca de três pessoas fortes para leva-la, mas isso já não era problema seu. Ele pegou sua urna e seguiu o homem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://docs.google.com/Doc?docid=0AbiIPC_7hIRMZGhqZGJ0ODlfMGdyNn
Athena
Level 6
Level 6
avatar

Alcunha : A de olhos glaucos

Número de Mensagens : 1087
Idade : 28
AVISOS :
0 / 30 / 3

Força : 100 +30
Resistência : 100 +30
Agilidade : 100 +30
Energia : 100 +30
Cosmo (%) :
100 / 100100 / 100

Vida (%) :
100 / 100100 / 100

Data de inscrição : 11/12/2009

Cavaleiro
Vida:
1000/1000  (1000/1000)
Cosmo:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: A chegada em Midgard   Dom 28 Fev 2010 - 22:21

Encolhi a mão estendida, um tanto constrangida. Logo após, despedi-me rapidamente do capitão, agradecendo-o pela boa viagem, enquanto os homens que o enviado chamara para carregar as bagagens recolhiam as malas dos passageiros do Stavros. Disse-lhe que o avisaria quando precisasse novamete de seus serviços, embora não tivesse certeza de quando isso aconteceria. Depois, segui calada o tal homem, ainda com certa dificuldade em andar na neve. Reparei, discretamente, que os homens, apesar de carregarem as malas e de serem bastante fortes, pareciam flutuar sobre a grossa camada de gelo. "Nunca pensei que sentiria tanto a falta de Apollo...", contatei, sentindo imensa falta dos fortes raios de sol da Grécia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Siipi
Cavaleiro de Bronze
Cavaleiro de Bronze
avatar

Alcunha : Os Filhos das Estrelas

Número de Mensagens : 2490
AVISOS :
0 / 30 / 3

Força : 9 / 10 / 7
Resistência : 8 / 7 / 5
Agilidade : 5 / 8 / 9
Energia : 7 / 10 / 7
Cosmo (%) :
100 / 100100 / 100

Vida (%) :
100 / 100100 / 100

Data de inscrição : 30/03/2009

Cavaleiro
Vida:
210/210  (210/210)
Cosmo:
200/200  (200/200)

MensagemAssunto: Re: A chegada em Midgard   Ter 2 Mar 2010 - 9:49

A respiração se transforma em vapor no ar, pesado, denunciando as pessoas viventes e as separando das pedras e fardos; Aulis se alegra, sentindo o frio intenso penetrar-lhe a carne e os ossos. Estava mais próximo de seu primeiro lar. Embora Atena fosse sua verdadeira casa, não lhe desagradava nem um pouco retornar ao frio do norte, após tantos anos sob o sol estafante e as chuvas mediterrâneas.

Ele puxa e fecha mais o casaco pesado, o rosto semi-afundado na pele que forra o interior; vestimentas pesadas, como as que usava no frio do norte de Suomi, onde havia passado meses em treinamento com sua tutora. Desce atrás de sua deusa, deixando as apresentações diplomáticas com os grandes, e a segue obedientemente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zothar de Virgem
Cavaleiro de Ouro
Cavaleiro de Ouro
avatar

Alcunha : ''O mais proximo de Deus''

Número de Mensagens : 4129
Idade : 23
AVISOS :
0 / 30 / 3

Força : 12 +8
Resistência : 10 +8
Agilidade : 7 +8
Energia : 10 +8
Cosmo (%) :
100 / 100100 / 100

Vida (%) :
100 / 100100 / 100

Armadura :
Data de inscrição : 26/04/2008

Cavaleiro
Vida:
420/420  (420/420)
Cosmo:
400/400  (400/400)

MensagemAssunto: Re: A chegada em Midgard   Ter 2 Mar 2010 - 21:21

*O frio imenso, afetava Zothar, mesmo tendo sangue de nórdico, nunca tinha chegado perto das terras nórdicas, mesmo protegido com seu casaco, tinha que usar seu cosmo, para ter sensação de uma temperatura agradável, como dizia a historias de seus país, um lugar cheio de neves e montanhas, uma das coisas mais belas que ele tinha visto, agora ele sabia que todas as historias, que ele ouvia quando criança eram verdadeiras, e isso o alegrava. Ele via o embaixador nórdico lá, foi em direção dele e se apresentou.*

-Sou Zothar Hellzer, cavaleiro da constelação de Virgem.

*Zothar ia seguindo Athena, para onde ela fosse, aproveitando as paisagens que tanto ouvia em sua infância, as grandes montanhas cheias de neve, os lagos congelados, inclusive até os animais, que se encontravam lá também como os lobos, e os ursos brancos.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A chegada em Midgard   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A chegada em Midgard
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Boston - A Chegada
» Capítulo 2: Uma Visita Inesperada
» Capítulo 3 - A Mansão do Inferno
» ? A chegada do Imortal Sieghart
» Chegada do grand master tsuchikage

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Saint Seiya World :: Era das Trevas - ON :: Midgard :: Solgard-
Ir para: